Cartões de crédito da Presidência: gastos sobem 16%

A média de gastos com cartões de crédito da Presidência da República, chamados de corporativos, aumentou 16% em relação aos últimos 4 anos. O governo chegou com apetite. Bolsonaro disse na campanha que acabaria com o uso desses cartões. Você acreditou? A fatura já chegou a 1.1 milhão de reais, segundo o jornal Estadão. Eles gastam à vontade e o povo paga a conta.