Desembargadores do TJ-BA sob investigação: ‘rachadinha’ nos gabinetes

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) definiu na semana passada, segundo o blog Política Livre, os nomes dos desembargadores que irão avaliar o caso de suposta ‘rachadinha’ de salário com assessores no gabinete de uma desembargadora denunciada.

Ainda segundo o blog do jornalista Raul Monteiro, o presidente do Tribunal, desembargador Gesivaldo Brito, escolheu um time de magistrados considerados ‘durões’ para investigar: Ivete Caldas, Carlos Roberto de Araújo e Rita de Cássia. considerados imunes a favores e tráfico de influência no Judiciário baiano.

Outros casos – A expectativa é de que a apuração do colegiado ganhe desdobramentos, chegando a outros gabinetes, onde a prática também tem sido denunciada. O próprio Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomendou a investigação ao TJ-BA.