Hospital Regional de Eunápolis troca a direção pela 2ª vez este ano

Com muitos problemas para funcionar como deve, o Hospital Regional de Eunápolis não é nem sombra do que era na gestão do ex-prefeito Neto Guerrieri, quando médica Círia Padilha estava na direção. Naquele tempo não faltavam insumos, material penso, medicamentos nem dedicação.

Hoje, dizem que o hospital é controlado pela família de um vereador, chega a faltar roupa pra fazer cirurgia, o aparelho que esteriliza materiais cirúrgicos (Autoclave) segue sem manutenção, entre outros absurdos.

Este ano, na diretoria da unidade de saúde, o prefeito demitiu Sandra Bretilu e colocou Márcia Quaresma, que já foi demitida e substituída por Nathiely Medeiros, cuja nomeação foi publicada só no dia 2 de abril, no Diário Oficial.

Mas não adianta trocar a direção. O problema está em quem nomeia e exonera, mas esse o povo já preparou a demissão.