Júri popular absolve réu acusado de homicídio em Eunápolis

Paulo Roberto Miranda dos Santos, acusado de matar a tiros Adeilton Costa Nascimento, conhecido como “Negão Flanelinha”, foi absolvido pelo júri popular nesta segunda-feira, 6 de maio, em julgamento presidido pelo juiz titular da 1ª Vara Crime de Eunápolis, Otaviano Sobrinho. O crime ocorreu em março de 2009, no bairro Pequi.

DEFESA

A brilhante atuação diante do júri do advogado de defesa do réu, Fabrício Frieber, conseguiu mostrar a falta de provas das acusações contra seu cliente, convencendo os jurados da inocência de Paulo Roberto, acusado do crime por denúncias anônimas. O advogado Ezequiel Sampaio auxiliou na defesa.

SEM PROVAS

O promotor Dinalmari Messias atuou no julgamento representando o Ministério Público e expôs os detalhes do processo, com argumentação final de que não havendo provas do envolvimento do réu indicava a absolvição.

Por Geraldinho Alves com informações e fotos de Rota 51 e Nordeste Dia Dia.