Líder da oposição diz que Assembleia não é “um puxadinho do Palácio de Ondina”

Líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Luciano Ribeiro (DEM), disse que a Casa não é “um puxadinho do Palácio de Ondina”, criticando o pedido do governador Rui Costa (PT), para que a bancada governista não ouça os oposicionistas na Casa no processo de escolha do novo presidente do Legislativo. O deputado foi ouvido pelo site bahia.ba, do jornalista Levi Vasconcelos.

“A gente vai votar unido e só vamos conversar com o governo quando Rui tomar juízo e entender que a Assembleia não é um puxadinho do Palácio de Ondina. São dois poderes distintos e independentes, mas o governador parece que não entende isso”, ressaltou Luciano Ribeiro.

Três nomes disputam a presidência da ALBA: Adolfo Menezes (PSD), Nelson Leal (PP) e Alex Lima (PSB). O candidato do PSB é o mais próximo ao governador, mas o PSD quer manter o comando da Casa, hoje nas mãos do deputado Ângelo Coronel, eleito senador em outubro.