Presidiário da Papuda no tapete vermelho da posse de Bolsonaro

A revista Veja descobriu entre os privilegiados que tiveram acesso ao Planalto, pelo tapete vermelho, na posse de Bolsonaro em Brasília, nesta terça (1º/1/19) um presidiário que cumpre regime semi-aberto na penitenciária da Papuda: o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), condenado pelo STF a 4 anos e 6 meses por desviar R$ 1,5 milhão de um financiamento público. A segurança falhou?