Rádio do prefeito de Eunápolis diz que professores “não gostam de trabalhar”

Os ataques verbais desqualificando os professores de Eunápolis (e em geral) voltaram a acontecer no programa jornalístico da rádio Ativa FM, dirigida pela filha do prefeito da cidade, Larissa Oliveira, derrotada nas eleições de 2018 para deputada estadual. Os ataques visam inibir manifestações da categoria, liderada pela APLB, contra o descaso na Educação (as escolas estão em estado precário) e a perda de direitos conquistados pela classe. Tudo indica que a orientação dos ataques partiu da cúpula do governo municipal. Os professores estão se mobilizando para deflagrar uma paralisação no início do ano letivo em protesto contra a retirada dos direitos conquistados pela categoria.

Ouça a seguir o locutor da Ativa FM Jota Bastos criticando os professores e a APLB: