Receita pega Gilmar Mendes mas ele quer ficar intocável

O ministro mais polêmico do STF, Gilmar Mendes, é alvo de investigação da Receita Federal por suspeita de corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico de influência e ocultação de patrimônio. É mole ou quer mais? Gilmar não gostou, quer ser tratado como um brasileiro priovilegiado e intocável. O IDP (Instituto de Direito Privado), que tem entre seus sócios o ministro Gilmar Mendes, foi objeto de diligência da Receita Federal no fim de 2018. Neste ano, o próprio magistrado e a mulher dele, Guiomar, passaram a ser investigados.