Rui Costa quer desbancar Haddad na disputa em 2022

O PT insiste em voltar ao cenário político em 2022. O governador Rui Costa (PT) admitiu em entrevista à revista Veja que pode ser candidato à presidência da República nas eleições de 2022. A declaração de Rui não deve agradar Fernando Haddad, derrotado por Bolsonaro em 2018, mas candidato natural da legenda na próxima eleição.

Rui disse à Veja que está “disposto a assumir qualquer tarefa” e destaca que “os partidos deveriam deixar a vaidade de lado”. O governador da bahia disse também que concorda em ser qualquer coisa, “inclusive não me candidatar a nada”. Para Rui, “o povo brasileiro não merece passar por isso que está vivendo”, afirmou.

Questionado se o ex-prefeito de São Paulo e candidato ao Palácio do Planalto em 2018, Fernando Haddad, simboliza o futuro do PT, Rui respondeu:

“O futuro do PT não está em nomes isolados. A força do PT não está em nomes, nem no de Haddad nem no de outros. O PT é uma ideia de igualdade num Brasil muito desigual. É preciso trabalhar melhor essa ideia para reconstruir o partido, abordando temas a que o PT sempre se mostrou reticente, como a questão da segurança pública. Não pode ter tabu com isso, senão uma parcela considerável da população não nos enxergará como alternativa”.

Da Redação do Bahia40graus com informações da Veja e Bahia.ba