Secretário é acusado de reter pagamentos da Saúde e Educação em Eunápolis

Responsável pela pasta de Administração e Finanças da prefeitura de Eunápolis, Luís Otávio Borges, virou alvo de críticas e cobranças de servidores na imprensa e redes sociais:

1 – A presidente da APLB disse em entrevista à rádio 98 FM, na segunda (21/1), que apesar da prefeitura ter dinheiro na conta do Fundeb, o terço de férias dos professores, que deveria ser pago desde o começo de janeiro, ainda está retido;

2 – Servidores da Saúde também reclamam nas redes sociais que o PMAQ 2018 – gratificação de incentivo à melhoria do atendimento na Atenção Básica – ainda não foi pago (ao menos até ontem 24/1) e que o dinheiro também já estaria na conta da prefeitura;

3 – Os servidores se queixam que Luís Otávio não atende a classe;

4 – Nas redes sociais ele vem recebendo muitas críticas;

5 – Logo quando Luís assumiu o cargo na volta do prefeito Robério depois do afastamento pela Justiça na Operação Fraternos, os Guardas Municipais chegaram a fazer manifestação no pátio da prefeitura, porque o secretário não estava atendendo a categoria e ainda teria cortado direitos trabalhistas;

5 – Bahia40graus tentou falar com a prefeitura para ouvir o outro lado, mas uma servidora do setor de Comunicação disse que não podia tratar nada com a imprensa por ordens superiores.