Segurança de Moro é reforçada

O presidente Jair Bolsonaro determinou em despacho nesta terça-feira, 8/1, o reforço da segurança pessoal do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, por parte da Polícia Federal, que deve articular com a segurança também dos familiares do ministro. As ameaças continuam, mas a motivação real foi a abordagem barulhenta ao ministro dentro de 1 supermercado por 1 casal, que filmou o encontro e criticou Moro por não pautar o “caso Queiroz”.