Menu
Banner Prefeitura TOPO
21 de Agosto de 2018

Fraudes no hospital de Guaratinga colocam sob suspeita as gestões de Kenoel e Christine. Ministério Público tá na cola

A temperatura está subindo.

As denúncias feitas pelo vice-prefeito de Guaratinga, Ezequiel Xavier, no início do ano, com grande repercussão na imprensa regional, apontando supostos desvios de recursos da Saúde no hospital Joana Moura, já mobilizaram a Polícia Federal e os ministérios públicos Estadual e Federal. O cerco está se fechando contra os suspeitos de fraudarem o faturamento das AIHs (Autorizações de Internações Hospitalares) do SUS. As duas gestões, a anterior de Kenoel Viana e da atual prefeita Christine Pinto respondem às investigações.

Versões - Tanto o ex-prefeito Kenoel, quanto a prefeita Christine dizem que são inocentes. A prefeita ainda diz que mandou apurar o fato assim que tomou conhecimento. Uma servidora já foi demitida, o então secretário de Saúde do período da denúncia feita pelo vice-prefeito pediu demissão, “mas esses são considerados ‘peixes pequenos’ diante do grande volume de desvios”, diz Ezequiel Xavier. O viés político pode atrapalhar as investigações, uma vez que os dois gestores disputam o poder na cidade.

Guaratinga - Enquanto isso, a pobre e explorada população de Guaratinga, cidade de 23 mil habitantes encravada no extremo sul baiano, a 700 km de Salvador, assiste o desfecho do caso, sem ter ao menos uma saúde pública de qualidade para desfrutar.

Impunidade - Infelizmente, é a política brasileira onde as famílias dominam os currais eleitorais na base do chicote, do coronelismo e do abuso do poder econômico, alimentado pela corrupção, graças à impunidade.

Leia mais ...

Chapão de Rui Costa terá todos os partidos da base e junta Cordélia, Larissa e Jânio Natal na mesma coligação

Confiante na sua reeleição, o deputado estadual Jânio Natal (Podemos) confirmou à imprensa, na noite de sexta-feira, 3 de agosto, a formação do chapão com todos candidatos a deputado estadual (cerca de 42) de todas as legendas da base aliada do governador Rui Costa, apenas o PCdoB ficará de fora do chapão, mas dentro da aliança com o governador. Neste cenário, na região da Costa do Descobrimento, por exemplo, vão disputar vaga na Assembleia Legislativa no chapão governista: Jânio (reeleição), Cordélia (PMB) e Larissa (PSD). Na estimativa do parlamentar do Podemos, para se eleger nessa configuração um deputado terá que alcançar entre 42 a 46 mil votos. E Jânio sempre foi bom de conta.

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777