Menu
Banner Prefeitura TOPO
24 de Setembro de 2017

Nomeação de Jusmari na Sedur vai parar na Justiça

A Juventude Democratas da Bahia informou à imprensa, nesta sexta-feira (22), que ingressou na Justiça contra a decisão do governador Rui Costa (PT) de nomear a ex-prefeita de Barreiras, Jusmari Oliveira (PSD), como secretária estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

Em nota, a ala do DEM argumentou que a nomeação “viola os princípios regentes da administração pública, a exemplo da moralidade”, já que Jusmari é ré em sete ações penais, a maioria delas por suspeita de fraude em licitação, e seis ações civis por improbidade administrativa.

Ex-prefeita da maior cidade do oeste baiano de 2009 a 2012, ela foi condenada em maio deste ano a uma pena de três anos por fraude em licitação para compra de medicamentos, materiais hospitalares e odontológicos. A denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) apontou “vícios insanáveis” na licitação de R$ 5,9 milhões. A condenação foi revertida na prestação de serviços comunitários.

Com a nomeação para o cargo de secretária estadual, a ex-prefeita passa a ter foro privilegiado e será julgada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) nas ações que responde no âmbito estadual.

Leia mais ...

Bombou nas redes sociais: Flagrado em blitz da Lei Seca em Salvador, Zé Eduardo Bocão se recusa a soprar no etilômetro

Durante uma blitz da Lei Seca em Salvador, na última quinta-feira (21), na avenida Centenário, um agente da Transalvador, órgão que faz a gestão do trânsito pelo município, filmou com um celular o jornalista e apresentador José Eduardo (Bocão News) na abordagem. O video viralizou e repercutiu nas redes sociais. Mas a reação da Transalvador foi pedir desculpas ao jornalista e a população. Fabrizzio Muller, superintendente do órgão entrou no ar durante o Jornal da Bahia No Ar na Rádio Metrópole para esclarecer o caso:

"Queria lamentar pela exposição desse vídeo. A blitz é realizada em todo país, principalmente na semana nacional do trânsito e reforçamos a ferramenta que é importantíssima para o trânsito. Não é de forma nenhuma a conduta do órgão. Peço desculpas em nome de toda a Transalvador. Diariamente pessoas são detidas, autoridades e políticos. Mas elas não vazam e não podem vazar. Nem todas as abordagens são gravadas. Acontecem algumas vezes quando a situação pode sair do controle. Em nenhuma hipótese essas imagens deveriam ser vazadas", afirmou o superintendente.

Mário Kertsz, apresentador do programa, criticou: "Terra sem lei, como é que um cidadão funcionário público da Transalvador em uma operação policial faz isso. Isso vai ficar assim mesmo? O que acontece é a tentativa de execração pública", disse Mário. Fabrizzio Muller respondeu que a conduta do agente não deverá ficar impune. "Não podemos tolerar esse tipo de coisa. A função da blitz não é execrar ninguém. O vazamento nós não podemos aceitar de forma alguma", disse o superintendente.

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR O VIDEO

 

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777