Menu
Banner Prefeitura TOPO
19 de Julho de 2018

107 prefeitos que assumiram em 2013 já foram cassados. Na região, 4 estão ameaçados

Um levantamento divulgado na sexta-feira (10) pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios) mostra que, um ano após a posse dos prefeitos eleitos no ano passado, 107 já tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. Outros 18 foram afastados por motivos diversos, como problemas de saúde (2), renúncia (4) e morte (12).

PORTO SEGURO

Em Porto Seguro, extremo sul da Bahia, a prefeita Cláudia Oliveira e o vice Beto Axé Moi têm seus mandatos ameaçados na Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico, devido a quatro ações movidas pelo segundo colocado nas eleições 2012, Lúcio Caires. Duas ações já tiveram parecer do Ministério Público Eleitoral favorável à cassação. Uma delas foi rejeitada pelo juiz eleitoral da comarca e subiu para a segunda instância.

GUARATINGA

O prefeito de Guaratinga, Kenoel Viana, também tem o mandato ameaçado por suposto crime eleitoral de compra de votos nas eleições 2012. Ele é acusado de ter alugado um ônibus de uma empresa de Belo Horizonte para transportar eleitores. O segundo colocado no pleito, o ex-prefeito Ademar Pinto, derrotado por 45 votos (o ônibus em questão tinha 47 passageiros) é o autor da ação que corre no TRE, em Salvador.

ITABELA E BELMONTE

Em Itabela, o prefeito Júnior Dapé, teve duas sentenças de afastamento e perde dos direitos políticos proferidas na comarca local e seus advogados tentam reverter na segunda instância.

Em Belmonte, a prefeita Alice Maria também tem pendência na Justiça, acusada de superfaturar contratos de festas populares no primeiro ano de mandato.

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777