Menu

SWF file not found. Please check the path.

26 de Março de 2017

Cabrália: Prefeitura limpa e patrola ruas nos distritos de Santo André, Santo Antônio e Guaiú

Próximo passo será recuperar a iluminação pública.

A prefeitura de Santa Cruz Cabrália, por meio da Secretaria de Infraestrutura, começou uma operação de recuperação das ruas dos distritos de Santo André e Santo Antônio, na orla norte do município. Algumas ruas que estavam quase fechadas pelo mato foram reabertas e patroladas. A Prefeitura também está retirando entulhos e promovendo uma revisão na iluminação pública. A ação agora irá para o distrito de Guaiú. Os trabalhos estão sendo acompanhados de perto pelo prefeito Agnelo Santos e pelo secretário de Infraestrutura Geraldo Gordilho. Os moradores das localidades estão elogiando e comemorando a iniciativa. 

A imagem pode conter: atividades ao ar livre e naturezaA imagem pode conter: céu e atividades ao ar livreA imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu, árvore, atividades ao ar livre e naturezaA imagem pode conter: árvore, céu, planta, atividades ao ar livre e natureza

Leia mais ...

Prefeito de Cabrália se reúne com lideranças indígenas para tratar da ameaça de despejo de mais de 450 famílias pataxós

O prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD), recebeu nesta sexta-feira, 3 de março, lideranças indígenas pataxós para tratar da ameaça de despejo de mais de 450 famílias pataxós que habitam 5 aldeias localizadas em Ponta Grande. Presente à reunião, o secretário municipal de Assuntos Indígenas, Zeca Pataxó, vem se mobilizando na defesa das terras indígenas. O conflito envolve uma imensa área reivindicada pela construtora Goes Cohabita, que pretende construir um loteamento no local. A Vara da Justiça Federal em Eunápolis já decretou a reintegração de posse a favor da construtora, ligada ao ex-deputado Joaci Goes. A Funai já ingressou com quatro recursos visando suspender a decisão.   

Cinco aldeias - Chamada de Ponta Grande, a área em litígio abriga cinco aldeias pataxós: Nova Coroa, Itapororoca, Mirapé, Novos Guerreiros e Txihikamayurá. Os indígenas habitam na localidade há mais de 10 anos. A área corresponde a uma revisão, em estudo na Funai, dos limites da Terra Indígena Coroa Vermelha, homologada em 1998.

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777