Menu
Banner Prefeitura TOPO
17 de Dezembro de 2017

TCM vai fazer auditoria no transporte escolar de Porto Seguro

Os argumentos da prefeitura de Porto Seguro para justificar os sucessivos aditivos no contrato de transporte escolar com a empresa Coletivo União não convenceram o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), que multou a prefeita afastada Cláudia Oliveira (PSD) em R$ 20 mil, nesta quinta-feira, 30 de novembro. Cláudia ainda pode recorrer da decisão. A pedido do Ministério Público de Contas, também será promovida auditoria nos gastos efetuados pela prefeitura com o transporte de alunos. 

De acordo com o TCM-BA, a prefeitura já teria pago à Coletivo União o total de R$36.821.000,66, enquanto que o valor licitado e contratado em março de 2013 foi de R$ 8.287.998,40. Ainda segundo o TCM-BA, a empresa só possui 22 veículos próprios, sublocando de terceirizados 80% da frota utilizada no transporte escolar. 

voltar ao topo
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777