Menu
Banner Prefeitura TOPO
24 de Setembro de 2017

Porto Seguro: site da Suíça ironiza atraso das obras no estádio municipal

O repórter Hans Peter Schläfli, do site suíço "Oltner Tagblatt", ironizou a lentidão das obras de reforma do estádio municipal de Porto Seguro, onde a seleção da Suíça deve treinar durante a fase de grupos da Copa do Mundo. A matéria foi publicada no dia 22 de janeiro (veja link no final) e traz fotos feitas dentro do estádio, mostrando o vestiário, o gramado e uma perspectiva de como ficará o estádio depois da reforma.

“Nesta pilha de escombros treinará a seleção da Suíça na Copa do Mundo”, diz o título da matéria, em tradução livre do idioma suíço-alemão para o português. E na abertura da matéria: “As ruínas do estádio em Porto Seguro têm apenas três meses para se transformar numa pequena jóia. Uma inspeção visual mostra que há muito o que fazer. Mas as autoridades estão confiantes de que podem cumprir o prazo”, ironiza o repórter.

A matéria tira mais sarro da obra:

1 – O repórter faz alusão ao apelido dado ao estádio de “Toca do Guaiamun”, como um nome “justo”, já que o guaiamun é um caranguejo nativo que vive no mangue, há poucos passos do estádio.

2 – O gramado atual é chamado de “pasto de cabra” e o repórter gozador diz que uma coruja (mostra a foto) fez um ninho no local.

3 – Hans Peter cita ainda declarações da prefeita da cidade, Cláudia Oliveira, de que a obra terá “em breve, 100 homens trabalhando” e que a empresa é “a mesma que construiu a Arena Fonte Nova”, inclusive, o gramado terá a mesma qualidade.

Mas o repórter também dá uma beliscada na prefeita e diz na matéria que ela enfrenta um “pedido de afastamento na Justiça por corrupção”. O que mostra desinformação do jornalista suíço. A prefeita enfrenta ações na Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico supostamente cometidos durante a campanha eleitoral de 2012 e não tem nenhum pedido de afastamento "por corrupção" em curso. 

Ainda segundo a matéria do site suíço, a obra de reforma custará R$ 2,9 milhões, sendo que no gramado serão gastos R$ 800 mil. Pelo visto, o atraso da obra de reforma do estádio municipal Antônio Carlos Magalhães (nome oficial) agora também preocupa os suíços.

INCIDENTE

Na semana passada, dois vereadores de Porto Seguro – Danilo Suprilar e Léo da Ceia – foram barrados na entrada do estádio. Eles queriam ver como andava a obra de reforma, embora a responsabilidade seja da Secopa, secretaria criada pelo governo estadual para cuidar dos assuntos da Copa do Mundo.

A Fifa – cuja sede é na Suíça – proíbe a entrada não autorizada nas obras da Copa do Mundo, alegando razões de segurança. O repórter suíço burlou a medida.

SUGESTÕES

Porto Seguro constituiu uma Comissão para cuidar dos assuntos da Copa, coordenada por Patrícia Martins, do Convention Bureau, mas até agora esta Comissão não estabeleceu, pelo menos com a imprensa regional e a sociedade, um diálogo mais frequente e transparente. Tá na hora.

Quanto ao repórter gozador, isso também é falta de atenção à imprensa internacional, que precisa ser acompanhada de perto por profissionais da área. Porto Seguro também precisa definir uma pessoa para ser Relações Públicas da cidade, pelo menos durante a Copa.

LINK PARA A MATÉRIA DO SITE SUÍÇO

 

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777