Bloquinho do Disque 100 sai com Patati-Patatá neste domingo em Porto Seguro

Spread the love

Este ano, a secretária de Assistência Social, Lívia Bittencourt (PT), aproveita a campanha como vitrine para sua pré-candidatura a prefeita. Mas o Disque 100 precisa deixar de ser apenas uma mera campanha midiática assistencialista eleitoral e combater a exploração sexual de crianças e adolescentes pra valer.

Porto Seguro – Com estimativa de arrecadar 3 toneladas de alimentos destinados às entidades sociais que atuam em comunidades carentes de Porto Seguro, o bloquinho Disque 100 está programado para desfilar no circuito do carnaval a partir das 16 horas, deste domingo, 23 de fevereiro, com a dupla Patati-Patatá puxando os foliões. O abadá é entregue em troca de 2 quilos de alimentos não perecíveis. Cada doador tem direito a levar quantas crianças quiser para a folia.  

Conscientização

Na teoria, o objetivo da campanha do bloquinho Disque 100 é conscientizar foliões e população em geral sobre a necessidade do enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, incentivando a participação de todos na rede de proteção social contra os abusos.

Faltou

Mas o bloquinho Disque 100 vai continuar sendo apenas uma mera ação midiática assistencialista eleitoral. 

Uma campanha de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes pra valer tem que envolver o Conselho Tutelar, a Vara da Infância e Juventude, além da Polícia Militar, taxistas e motoristas de aplicativos, promovendo abordagens nos motéis, hotéis e pousadas que aceitam pernoites rotativos. Conscientizar o trade surte mais efeito. Não estatísticas de casos registrados nem de punições aplicadas.

error: