Privatização da água em Cabrália deve ser barrada na Câmara

Sem votos suficientes para aprovar a licitação para terceirização do abastecimento de água e rede de esgoto, o governo Agnelo Júnior (PSD) pediu aos vereadores da base aliada para boicotarem as 2 sessões extraordinárias que tratarão do assunto, convocadas pelo presidente da Casa, vereador Romali Pairana, para esta sexta-feira, 14 de junho. Até o momento da publicação desrta matéria, 10:40 horas, apenas 5 vereadores – Luciano Monteiro, Indiara, Xêpa, Humbertinho Cachoeira e o presidente – estavam presentes na Câmara.