Está na hora de uma devassa na folha de pagamento da prefeitura de Eunápolis

No final de 2017, ouvi em alto e bom som de um secretário municipal de Eunápolis que na folha de pagamento da prefeitura havia até superintendente “fantasma”. Disse também que tinha gente pedindo férias para o fantasmão.

Hoje ainda tem superintendente, que não é laranja nem fantasma, mas ganhando 9 mil reais sem sequer morar na cidade. Absurdo. 

Está na hora de se fazer uma devassa na folha de pagamento da prefeitura de Eunápolis e descobrir a lista da parentela dos vereadores, dos apaniguados e todo o laranjal. 

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus