Soldado Prisco anuncia greve da PM na Bahia, mas comandante da PM nega 

A imprensa baiana e as redes sociais estão repercutindo o anunciado movimento grevista dos policiais militares na Bahia, que teria sido decidido em assembleia da categoria, nesta terça-feira, 8 de outubro. “Vocês que estão nos quartéis, fiquem nos quartéis, pois não tem segurança para você na rua”, diz o deputado estadual Soldado Prisco em vídeo compartilhado nas redes sociais.

Reivindicações

Os policiais reivindicam, entre outros pontos:

1 – Melhorias do Planserv;

2 – Reforma do estatuto;

3 – Reajuste do auxílio alimentação;

4 – Novo plano de carreira;

5 – Isenção de ICMS para aquisição de arma de fogo por PMs.

Comando da PM nega

O comandante da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, negou a paralisação das tropas no estado. De acordo com o comandante, o movimento é um fato político criado pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC) que atrai policiais aposentados, na maioria.  

“Infelizmente o deputado Prisco está há 15 dias tentando cooptar nossas tropas. Mas a tropa tem um comandante que é um elo de ligação com o governador e que está discutindo os pleitos da corporação”, declarou Brandão ao blog Bahia Notícias.