ACM Neto descarta diálogo com o PT e PSOL

Spread the love

Em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta quinta-feira, 23 de janeiro, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse que o PT está sem discurso e afirmou que “o mito Lula acabou”.

“Acabou o mito. E acabou o discurso. O PT primeiro tinha o discurso do golpe. Depois, o discurso do Lula Livre. Agora eles estão sem discurso. Lula saiu e não mudou nada. E o presidente Lula já não é mais a liderança que foi no passado: se esperava uma comoção, uma mobilização nacional sem precedentes e nada disso aconteceu, nem mesmo no Nordeste”, destacou o presidente nacional do DEM.

E continuou: “Não estou querendo desprezar a força que ele ainda tem no Nordeste, mas se você for ver a passagem dele, pós-prisão, foi muito menor em mobilização do que se esperava”, declarou Neto. 

O democrata ressaltou, ainda, que o PT e o PSOL são os únicos partidos que ele descarta ter um diálogo. “Não há hoje veto a que se converse com ninguém. Nós temos que estar abertos a conversar com todo mundo. A nossa única dificuldade de conversa é com a esquerda em si, no que eu configuraria o PT e o PSOL, pois até com o PCdoB a gente dialoga no Maranhão. O único campo que eu descarto, projetando o futuro, é estar com o PT”, pontuou.

E concluiu: “Fora isso, dentro do partido hoje, tem várias correntes, pessoas que vão de uma simpatia pela centro-esquerda até a direita”.

Comentando

A fala do líder maior do DEM define as alianças nas eleições municipais no interior da Bahia com nítida divisão entre direita e esquerda. Embora deixe um campo aberto amplo quando ACM Neto fala em diálogo com ideologias de centro-esquerda.

error: