Candidato só pode financiar do próprio bolso 10% do teto definido pelo TSE

Acabou aquela mamata dos candidatos ricos financiarem 100% das suas campanhas.

Valendo para as eleições municipais de outubro, a nova regra de autofinanciamento da campanha eleitoral vai ser testada pela 1ª vez neste ano. Antes o candidato podia bancar 100% de seus próprios gastos, desde que não extrapolasse o teto, agora ele só poderá gastar até 10% do valor máximo na sua própria campanha. 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai divulgar os limites de gastos para campanhas de prefeito e vereador somente em junho.

Mas até lá, os pré-candidatos que já estão em campo também precisam ficar atentos à prestação de contas dos gastos. O abuso de poder econômico também pode tirar de campo antes do registro da candidatura. Matéria a respeito em breve.

error: