Menos 1 bilhão de árvores

Mais de 1 bilhão de árvores tombaram na Amazônia nos últimos meses (considerando 1.500 árvores por hectare). Entre agosto de 2017 e julho de 2018, a floresta perdeu 7.900 km² por causa do desmatamento ilegal.

Para se ter uma ideia, isso representa o mesmo que 987 mil campos de futebol, ou então 5,2 vezes a cidade de São Paulo, a maior do Brasil.

Esses números refletem uma triste realidade. De um ano para o outro, o aumento do desmatamento foi de 13,7%. Não podemos mais permitir que a derrubada de nossa floresta aumente. É tempo de cobrar do nosso governo ações que protejam a floresta e sua rica biodiversidade. A destruição da Amazônia tem que acabar!

DEPUTADOS E SENADORES PODEM BARRAR DESMATAMENTO

O fim do desmatamento no Brasil é factível e necessário para o futuro do país. Desde 2015 está em discussão no Congresso Nacional uma proposta de lei de iniciativa popular para dar fim a este problema no país. Está nas mãos dos congressistas assumir o compromisso pela preservação de nossos recursos naturais. Vamos mostrar que queremos um Brasil sem desmatamento para essa e para as futuras gerações.

As florestas são fundamentais para assegurar o equilíbrio do clima, a conservação da biodiversidade e o sustento de milhões de pessoas que dela dependem diretamente para sobreviver.