Turistas passam transtornos em Arraial D’Ajuda neste verão

Há buracos nas estradas (BA 001 e BA 986) de acesso às praias, filas imensas para atravessar de balsa e até falta de dinheiro nos caixas do banco.

Quem está visitando Porto Seguro, no extremo sul Bahia, neste verão está vivendo muitos transtornos de mobilidade urbana, principalmente quem vai pra Arraial D’Ajuda.

Em reportagem da TV Santa Cruz, no BA TV desta terça-feira, 15/1, a repórter Taísa Moura mostrou que “o sufoco já começa no caminho, antes mesmo da chegada”, com buracos na pista BA 001 e BA 986.

Quem vai pela balsa atravessando a Foz do Rio Buranhém passa mais transtornos com imensas filas para embarcar. Um turista mineiro faz as contas e diz que são mais 3 horas e meia de deslocamento na ida e volta à praia.

BB SEM CAIXA AUTOMÁTICO

Moradores e turistas em Arraial D’Ajuda também estão impedidos de fazer saques e depósitos na agência do Banco do Brasil (BB) no vilarejo, que desativou os caixas automáticos depois de que a agência foi assaltada. Quem precisa sacar ou depositar tem que usar o terminal do Banco24horas ou ir à centro de Porto Seguro, atravessando de balsa.

INTERNET PRECÁRIA

Outro grande sufoco é a internet precária. Turistas ficam frustrados com a lentidão da rede no wi-fi da maioria dos hotéis e pousadas.

A prefeitura disse que o sistema de balsa não está dando conta da demanda; a Secretaria Estadual de Infraestrutura disse que a manutenção da estrada de acesso a Arraial está na pauta de janeiro e o Banco do Brasil disse que não tem previsão de normalizar o atendimento.