Presidente da APLB de Eunápolis desmascara o prefeito em entrevista à rádio 98

A 20 dias do início das aulas algumas escolas municipais não têm condições de funcionar, afirma Jovita Lima, presidente da APLB de Eunápolis.

Jovita concedeu uma entrevista bombástica à rádio 98 FM, na segunda-feira, 21/1, desmascarando a imagem que o prefeito Robério tentou construir na mídia ao se reunir e posar pra fotos com as diretoras de escolas na Câmara e anunciar gratificação por desempenho para a classe.

A presidente da APLB disse que este ano os professores não vão interromper as aulas para que a prefeitura reforme as escolas, já que desde novembro do ano passado a entidade apresentou à gestão as demandas de cada unidade e a pauta da categoria.

Na entrevista, Jovita apresentou alguns problemas relacionados à falta de estrutura das escolas municipais, como insalubridade, falta de ventilação e de iluminação, salas pequenas, entre outros. Ela citou ainda que no Projeto Maravilha, na zona rural, a escola da localidade está sem banheiro.

TERÇO DE FÉRIAS

A presidente da APLB aproveitou a entrevista à rádio 98 para denunciar o “supersecretário” de Administração e Finanças, Luís Otávio Borges, que estaria retendo o pagamento do terço de férias devido aos professores, desde o início do mês, embora a prefeitura estivesse com cerca de R$ 2 milhões na conta do Fundeb, segundo a sindicalista.