Só depois do carnaval os prefeituráveis vão botar seus blocos na rua

No extremo sul da Bahia, por conta do verão, a política faz uma pausa e nada relevante acontece até o carnaval.

Com as prefeituras na mão, empregos e dinheiro para contratar fornecedores, os prefeitos candidatos à reeleição vão continuar levando grande vantagem sobre os concorrentes.

Em 2020, as eleições municipais terão a novidade do fim das coligações para vereadores, o que exige dos prefeituráveis um novo comportamento diante da administração dos partidos.

Efeito Bolsonaro – Em muitas cidades o cenário eleitoral vai depender muito da performance do governo Bolsonaro:

1 – Fracassando, os prefeitos ligados ao petista Rui Costa devem ganhar 1 fôlego extra.

2 – Sendo sucesso, a onda de mudança vai pesar muito e pode varrer os políticos mais ligados aos petistas.

3 – Também ainda não está claro qual o peso real nas eleições de 2020 dos deputados votados na região.

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40grasu