Taxas das feiras livres e mercados em Eunápolis são cobradas sem nenhum controle fiscal

Toda semana, cerca de R$ 4.000,00 são arrecadados nas feiras livres e mercados do Bueiro e Pequi, por um funcionário da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Eunápolis, sem nenhum controle fiscal, à base de recibo. Por mais honestas que as pessoas envolvidas possam ser, isso não é modo de se lidar com dinheiro público, convenhamos.

Com a volta do ex-secretário da pasta, Júnior Bahia, rebaixado a superintendente, a cobrança voltar a ficar sob suspeita, uma vez que na gestão de Bahia (2013-2016) foram feitas inúmeras denúncias de desvios da arrecadação. Depois dele já assumiram 3 secretários e parece que ao menos o destino da arrecadação está sendo uma conta na Justiça Trabalhista para pagamento de indenizações. O chefe do superintendente e atual secretário Pedro Vailant podia implantar um sistema de controle transparente e eletrôbnico, por meio de DAM. Ou será que vai repetir os antecessores e manter o recibo de papel, jeito fácil de desviar os recursos?

FOTOS: BLOG FUTUCANDO NOTÍCIAS/MAIO DE 2017