Veja como fica a eleição de vereador com o fim das coligações em 2020

Caso a nova regra não mude, o cenário político eleitoral de 2020 tem uma novidade que ainda não se discute muito nas redes sociais. Como fica a eleição de vereador com o fim das coligações?

1 – Antes, os eleitos eram definidos pelo número de votos válidos dividido pelo número de vagas preenchidas por cada coligação. Agora, o quociente eleitoral é por partido;

2 – A quantidade máxima de candidatos para cada partido é de até 150% o número de vagas na Câmara, incluindo a cota feminina;

3 – No caso de Eunápolis e Porto Seguro, cada partido pode ter até 18 candidatos homens e 8 candidatas mulheres;

4 – Nas câmaras com 11 vereadores, o número máximo será de 12 candidatos do sexo masculino e 5 do feminino.

Importante destacar que em Eunápolis, por exemplo, baseando-se na eleição de 2016, o quociente eleitoral deve ficar acima de 3,5 mil votos, número mínimo que cada partido terá de obter para eleger 1 vereador.

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus