Uber sofre boicote no aeroporto de Porto Seguro com omissão da prefeitura. Assista video

Um destino internacional, berço do Brasil, envergonha o país com a atuação tendenciosa do poder público, que trata a questão do transporte de passageiros com o viés político eleitoral, prejudicando turistas e moradores.

Bahia40graus/Porto Seguro – O turista ou morador que desembarca no aeroporto internacional de Porto Seguro, no sul da Bahia, recebe a informação de que na cidade não tem o aplicativo de transporte Uber operando no terminal ou então que o app só pode embarcar passageiros a 700 metros do terminal. o vídeo exclusivo, obtido pelo Bahia40graus comprova o fato.

Mas a informação é mentirosa e faz parte da estratégia dos taxistas que trabalham no aeroporto, sem que a prefeitura por meio da Secretaria de Transportes ou de Turismo faça nada.

Amparado por lei federal, o Uber opera em todo o município de Porto Seguro, inclusive no aeroporto e nos terminais da balsa que faz a travessia Porto – Arraial D’Ajuda, na foz do Rio Buranhém. Lá, inclusive, há relatos de constantes boicote s e ataques a motoristas do aplicativo, mais uma vez com a prefeitura cruzando os braços. 

Mais em conta

Hoje, o Uber tem cerca de 300 motoristas trabalhando no aplicativo na cidade. Eles informam que já criaram uma Associação para defender os interesses da categoria. Uma corrida pelo Uber chega a custar 200% a menos que uma corrida de táxi, a depender do destino, segundo um motorista do app. Isso com motoristas qualificados, acompanhados pelo app e dedicados à função. 

Na Câmara de Vereadores a influência de um edil que tem táxi e é ligado à prefeita vem causado transtornos para o funcionamento do Uber no município. 

Atraso

Nos principais destinos turísticos do Brasil e do mundo o Uber e outros aplicativos de transporte funcionam com amparo legal e sem boicotes. Na cidade terra mãe do Brasil não pode ser diferente. Porto Seguro não é mais uma vila provinciana ou capitania hereditária. O país está mudando e precisa acompanhar as boas mudanças que acontecem no mundo. 

Na foto de capa família de turistas tem que caminhar 1 km para embarcar no Uber. Vergonha isso!

Por Geraldinho Alves. jornalista e escritor do Bahia40graus